Casa Carboxterapia Carboxiterapia

Carboxiterapia

by Clinica Excelencia

A carboxiterapia é um procedimento estético que elimina a celulite, gordura localizada, rugas, olheiras e flacidez. Os benefícios da carboxiterapia são:
* aumentar o fluxo sanguíneo local
* favorecer a produção de fibras de colágeno, que sustentam a pele
* aumentar o metabolismo local
* melhorar o aspecto e diminuir o tamanho de cicatrizes
* facilitar a cicatrização de feridas crônicas
* favorecer a queima da gordura
* desfazer os nódulos de celulite
Para quê serve a carboxiterapia 
O gás carbônico atua dilatando os vasos sanguíneos e estimulando a formação de novos vasos sanguíneos, promovendo melhor irrigação de sangue nos tecidos e, consequentemente, melhor oxigenação da região tratada. O gás carbônico atua também no rompimento de fibroses do tecido subcutâneo. Alguns estudos mostram o favorecimento de formação de colágeno e elastina e efeito lipolítico (quebra das células de gordura) decorrente da carboxiterapia.
Número de sessões de carboxiterapia 
Os resultados aparecem progressivamente e são mais visíveis entre cinco e dez sessões de carboxiterapia. Em cada caso é recomendada uma periodicidade. De maneira geral, o tratamento para celulite pode ser feito em dias alternados e a carboxiterapia para estrias e cicatrizes deve ser feita uma vez por semana. Em cerca de 20 minutos o gás carbônico é absorvido pelo corpo, portanto, não há acúmulo deste na pele.

3 comentários

Priscina Ornoff 09/07/2019 - 01:11

Adorei o artigo. Excelente matéria… Super rica em orientações de saude e bem estar. Parabéns pelos conteúdos, aprendo cada vez mais com eles. Obrigada por compartilhar!

Resposta
Solange Meireles 11/07/2019 - 03:25

Adorei o artigo. É sempre bom cuidar da nossa saúde para ter mais qualidade de vida. Obrigada por compartilhar!

Resposta
Carboxiterapia: 5 fatos interessantes sobre esta técnica – Balança Certa 19/12/2019 - 22:05

[…] EXCELÊNCIA Como todo tratamento, existem riscos de efeitos colaterais. São bem raros, mas podem acontecer, […]

Resposta

Deixe um comentário